A Noite De Halloween


Era noite de Halloween, e Juliana havia ficado em casa, ao contrário de seus amigos que foram a festas a fantasia. Ela então decidiu ir dormir. No meio da noite ela acorda com barulhos na parte debaixo da casa, quando olha no relógio percebe ser meia noite. Tomando coragem, desce as escadas e segue até a cozinha, de onde vem o barulho. Quando ela chega lá o barulho cessa, e para seu alívio não tem ninguém. Mas o mesmo barulho recomeça no seu quarto, e Juliana sobe as escadas correndo, ao chegar lá o mesmo acontece, mas dessa vez o barulho vem do banheiro no seu quarto. Pouco a pouco ela se dirige até ele e ao abrir a porta se depara com sangue. Nas paredes, no chão, mas uma frase chama atenção, "Olhe para trás". 
Hesitante, ela se virou e se deparou com um homem, sua camisa estava ensanguentada e usava uma máscara preta, em uma das mãos ele segurava um taco de beisebol. Uma dor forte atingiu a cabeça de Juliana e a fez desmaiar. O homem havia atingido-a com o taco. 
Um tempo depois ela acorda e  e nota que o homem estava em pé na sua frente. Caída no chão ela chora, e ao perceber que ele se vira para pegar algo em cima da cama, aproveita a oportunidade e foge, desce as escadas correndo e vai direto para a porta. Ao chegar lá se depara com o mesmo homem, segurando uma faca, ele arremessa-a no ombro de Juliana, que com o impacto cai. Em seguida ele retira a faca que estava cravada no ombro esquerdo e leva-a em direção ao estomago, onde aperta com força.
Deitada em sua cama, Juliana acorda assustada e suando frio. Tinha sido apenas um pesadelo, ela olha para o relógio, faltava apenas um minuto para meia noite.

Comentários

  1. Uau Felipe, parabéns por esse conto. Eu senti o aperreio que Juliana passou e me imaginei no lugar dela. Chegou até a dar um medo. Uau, realmente adorei o conto. Parabéns.

    Italo T
    http://www.ler-e-ser-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adorei, curto mas com muito conteúdo! Você está de parabéns Lipe.
    Bjos...
    http://minhasprimeirasimpressoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário